24 de fevereiro de 2013

Desperdício de Alimentos


Hotelaria brasileira marca presença no lançamento da campanha da ONU contra o desperdício de alimentos, em Genebra


Mais de um bilhão de toneladas de alimento são desperdiçadas no mundo a cada ano. Para reverter esta situação, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) lançaram, na última terça-feira (22), a campanha global contra o desperdício de alimentos “Pensar. Comer. Preservar. Diga não ao Desperdício”.


A hotelaria brasileira esteve representada no lançamento da campanha, em Genebra, pela associação Roteiros de Charme, que reúne 59 hotéis sustentáveis no Brasil. Presidente da associação, Helenio Waddington, ressaltou, em seu discurso, a importância de o setor turístico brasileiro abraçar a causa, especialmente neste momento em que o país vai sediar grandes eventos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. “A meta da associação Roteiros de Charme é conseguir reaproveitar 95% da sobra dos alimentos dos hotéis até 2015”, disse Waddington, convocando toda a hotelaria brasileira a participar da campanha da ONU.







De acordo com Helenio, 86% dos hotéis da associação já adotam medidas para reduzir o desperdício, transformando as sobras das refeições em produtos renováveis, como compostagem. “Considerando que 1/3 da população mundial não tem um dólar por dia para gastar em comida e que o setor de hospitalidade, em particular a hotelaria, é responsável por 1/3 do consumo de comida, vamos mergulhar de cabeça nesta campanha”, diz Waddington. Ele lembrou ainda que a Roteiros de Charme lançou na Rio+20 o programa “Gastronomia Sustentável”, que estimula os hotéis a identificar os produtores de cada região onde estão localizados e incentivá-los a serem mais comprometidos com a qualidade e com o meio ambiente.